domingo, 16 de dezembro de 2007

Alô? Alô? Vitrola!


Bom, antes de mais nada, depois de um LONGO período de sumiço, retornei!
Aconteceram várias coisas nesse meio tempo (como final de semestre, mudança de cidades, entrevistas de trabalho). Mas

resumindo a história, terminei quase tudo que eu precisava fazer em São Carlos e me mudei para Indaiatuba para trabalhar.
Ontem fui trocar meu celular (era DDD 16, e sairia meio caro mantê-lo dado que agora estou na área DDD 19). Dirigi-me para

uma loja de uma certa operadora. Para não ter problemas legais, irei me referir a ela usando um "sinônimo". Irei me referir à

operadora como "Brilho".
Enfim, lá estava eu na loja da Brilho, peguei minha senha e sentei para aguardar ser atendido. Cheguei a uma conclusão

fantástica: bebês de colo e idosos são os maiores compradores de celular do país!! Nunca vi tantos procurarem os mais novos

modelos e os mais variados planos, todos acompanhados dos seus jovens familiares. E era bem justo que toda essa massa de

crianças de colo e velhos PASSASSEM NA MINHA FRENTE COMO "CLIENTES PREFERENCIAIS", fazendo com que minha espera beirasse as 2

horas e meia. Crescimento de 4% ao ano?! Isso é mentira, o Brasil está crescendo mais do que a Coréia!! Duvido que as

crianças de colo e os idosos lá comprem tantos celulares!

Eita prosperidade brasileira!!!

4 comentários:

Tatu disse...

Hailz!

Como tah a vida aih em indaiatuba? jah descobriu coisas emocionantes, isso eu posso ver XD

espero q agora, jah instalado e telefone com ddd certo, vc volte a postar mais aqui =P

Anônimo disse...

hauhaauhauahauahua!
Que post engraçado Fê, imagino a sua cara na fila de espera... hauahauahauahaua

Querido, FELIZ NATAL!
e MARAVILHOSO ANO NOVO pra ti!

Bjos

Mari disse...

Oi ...
Legal ler teus textos, andar pelo teu blog.
Esse da fila na " Brilho", ri e ao mesmo tempo me irritei, pq de vez em qdo sou obrigada a enfrentar essas filas comuns em nossa terrinha, e haja saco, não é?
Um abraço

Mari disse...

Oi ...
Legal ler teus textos, andar pelo teu blog.
Esse da fila na " Brilho", ri e ao mesmo tempo me irritei, pq de vez em qdo sou obrigada a enfrentar essas filas comuns em nossa terrinha, e haja saco, não é?
Um abraço